sexta-feira, 30 de maio de 2008

Dica cultural e gratuita.

Pra quem gosta de coisas grátis, inspiradas e praticas, o Sesc Pompéia tem a 'pegada' certa. Estão acontecendo 3 exposições super interessantes:


Vida Louca, vida intensa- Uma viagem pela contracultura

A partir de uma exposição cenográfica, o evento faz uma viagem pela contracultura, desde os beatniks, com ênfase no psicodelismo, até o movimento punk. O evento conta com programação de cinema, seminários, performances, shows musicais e teatro. Área de Convivência. Terça a sábado, das 10 às 21h. Domingos e feriados, das 10h às 20h.

Varios de cartazes com aquelas artes psicodélicas super legais dos anos 60/70, tenda de experimentações, fones para ouvir musicas da época, barzinho retrô e pequenas atividades programadas referente ao tema, conforme programação.

World Press Photo
Mostra que apresenta as imagens de fotojornalismo premiadas pela instituição holandesa WPP. São cerca de 200 fotografias que foram publicadas em jornais e revistas de todo o mundo em 2007. Galpão. Abertura: 15/05, às 20h.

Fotos lindas, no sentido mais amplo da palavra. Não dá pra perder.


ENTRE LA HABANA E SÃO PAULO - Intercâmbio entre gravadores brasileiros e cubanos
Os artistas do Taller Experimental de Gráfica de La Habana estarão no Ateliê de Gravura do SESC Pompéia participando de uma série de atividades que envolvem oficinas para a produção de um álbum de xilogravuras e caderno documental com imagens do processo de trabalho. Também será montada no galpão das Oficinas de Criatividade uma exposição coletiva do Taller Experimental sobre a obra do escritor Alejo Carpentier. Na ocasião, o diretor do Taller Experimental, Raimundo Respall, estudioso da obra de Alejo Carpentier, fará uma palestra sobre a obra do ensaísta cubano. O intercâmbio se completa na conversa aberta com os artistas cubanos sobre suas produções e o histórico do ateliê de público de gravura, que existe há mais 40 anos. Maiores informações nas Oficinas de Criatividade do SESC Pompéia.
23/05 a 01/06. De terça a sexta, das 13h às 22h. Sábado e domingo, das 9h às 18h.

É a menor exposição de todas, se vista pelo ponto de numero de obras, mas não menos interessante. Vai ficar pouco tempo 'em cartaz' , então não perca tempo!

2 comentários:

loiRo disse...

atualiza aí o blog fadz...

Leticia (aka Leticce ) disse...

atualizaaaado loiro