segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Regra dos 30 segundos

Uma ilustração gostosinha e despretensiosa para este post.

Existe uma
lenda urbana verdade universal: alimento que caiu no chão e não ficou mais que 30 segundos pode ser comido sem medo.

Quem nunca chegou ao fim de um pacote de Bis- por exemplo- e deixou o último para mais tarde, como uma espécie de prêmio? Feito isso você aguarda a hora chegar para DEGUSTÁ-LO (comer é uma palavra muito agressiva para este momento tão especial). Você flerta o chocolatinho e ele retribui seu olhar: a hora chegou.

E lá está ele entre seu polegar e seu indicador, sendo 'despido' lentamente...dá pra sentir o chocolate derretendo na ponta dos dedos né? Que delicia, você o observa por alguns instantes antes dele ir parar na sua boca e...ALGUÉM ESBARRA EM VOCÊ ! Lá se vai o chocolatinho nú ao chão.

O mundo para e você acaba de virar o Jack Bauer: o chocolatinho tem que ser resgatado em menos de 30 segundos ou ele morrerá...e você não poderá mais come-lo.

Tudo na vida tem uma vida útil, e alimentos ao chão entra em uma outra dimensão, uma espécie de túnel do tempo, onde a sua rapidez X ambiente determina o grau de contaminação do alimento. Quanto mais rapido você o retirar do chão, mais limpo ele estará. É uma Verdade

É lógico que esta 'verdade' tem mandamentos:

-Não comerás nada que caia com sua face mais pegajosa sobre superfícies felpudas. Ex: torrada com manteiga cai sobre um carpete

-Não comerás nada que caia com sua face mais pegajosa sobre superfícies publicas. Ex: Donuts cai no cão do shopping.

-Não resgatarás aqueles que não assumem uma só forma. Ex: Sorvete. Sorvete é sólido, cremoso e liquido...não pode Ok? não importa o ambiente.

-Não resgatarás nada de superfícies não-sagradas. Ex: Caiu na calçada? no chão do restaurante? esqueça, a comida automaticamente virou uma bomba tóxica.

-Não chuparás nada de superfícies publicas. Ex: Você pagou R$ 25 por um milk shake frozen da Polônia feito por monges tibetanos de 25 ml...e estupidamente você o derramou na mesa da praça de alimentação...não tente beber ou suga-lo da mesa com o canudo ou a língua...NÃO!

Esses são os mandamentos básicos sobre comida e os 30 segundos no chão. Um post bem educativo (estou sendo irônica) para estrear a categoria Leticceanites: onde compartilharei os pensamentos filosofais
inúteis que habitam minha mente.

>Gostou? Aproveite, me siga no Twitter e compartilhe este post! :)

4 comentários:

Dart disse...

Um dos momentos mais simpaticos que eu já ganhei na Internet. Estou grato à você, Leticce, ao blog em questão e a todos que frequentam com sagacidade.

Meu beijo e meu carinho. Transmito meu sincero parabens para este post magnifico que galga, segundo o Sicko, infinitos niveis de formidavel.

Grato,

Fábio N Sarmento disse...

Faço das suas leis as minhas, e as sigo com veemência. com certeza não da pra comer algo q caiu na escada do restaurante automaticamente virou lixo toxico!!

A propósito salgadinho de polvinho no chão me lembra vc NA HORA. Abs

Ásbel disse...

Hahaha
Verdade...
mas pra mim a regra era só três segundos

mas dependendo do que for, existe outra complementar:

"o fogo purifica"

e isso inclui churrasqueiras, panelas e frigideiras.

haha
beijos, letícia! =)

Marçal disse...

Hahahaha legal

A minha regra é a dos 3 segundos..

Mas sempre rola aquela assoprada pra tirar a poeira, e manda pra dentro!